Canal de atendimento atendimento@medaula.com.br
(31) 3245-5781 (31) 9 8959-6573
Rua Grão Pará, 737 Conjunto: 1101 - 11o andar, BH
CNPJ: 07.254.304/0001-24

ALEITAMENTO MATERNO I

7 de julho, 2020

As provas de residência, geralmente indicam que o aluno saiba sobre os seguintes tópicos referentes a aleitamento materno: vantagens, causas de desmame precoce, fisiologia da lactação, fases de produção láctea, diferenças de composição do leite materno (colostro, leite de transição e leite maduro), técnica de amamentação, diferença da composição entre leite materno e leite de vaca. Lembre-se que a OMS recomenda aleitamento exclusivo até os seis meses de idade (questão clássica dos concursos) e aleitamento com alimentação complementar até os dois anos de idade.

Exemplo de Questão:

UFMA – 2015 – A composição do leite materno pode variar de acordo com o tempo gestacional, o transcorrer de cada mamada e no evoluir da amamentação. Quais as características do leite materno na mãe de um recém-nascido pré-termo?

(…)

Portanto, para o acerto das questões dos concursos, deve se ter conhecimento sobre as diferenças de composição do leite materno.

As características do leite de nutrizes de RN pré-termo são: mais ricos em imunoglobulinas, baixo teor de glicose, menor concentração de cálcio e fósforo e alto teor de lipídeos. Além disso, o colostro possui maior concentração de vitaminas lipossolúveis (principalmente A) e lactoferrina.

Em comparação com o leite maduro, possui menos gordura, menos lactose e menos vitaminas hidrossolúveis, embora o valor calórico total seja similar. O leite materno no fim da mamada contém maior quantidade de gordura, por isso deve-se recomendar para a mãe que esgote o leite de cada mama. O leite materno protege de infecção porque tem entre outros: lactoglobulina, lactoferrina, imunoglobulinas, fator bífido e lisozima.

O leite de vaca em relação ao leite materno possui: quantidade de ferro similar ao leite materno, mas com menor biodisponibilidade, podendo levar à anemia; aumenta o risco de desidratação hipernatrêmica frente a algum agravo, pois tem mais sódio; possui muita proteína, com relação elevada de caseína/proteína do soro; contém menos lactose. O gasto energético necessário para a metabolização do leite de vaca é superior ao do leite humano, devido ao maior teor de proteína. Um lactente alimentando-se exclusivamente ao seio de uma mãe desnutrida ingere leite com baixo teor de vitaminas hidrossolúveis. No entanto, a desnutrição materna interfere, principalmente, na quantidade do leite e não na qualidade.

O que você precisa estudar?

Para as provas, saiba que o hormônio responsável pela produção do leite (lactopoese) é a prolactina, e que o hormônio responsável pela descida (galactocinese) é a ocitocina. A lactação não se estabelece durante a gestação porque o estriol ocupa os receptores da prolactina.

Sobre a técnica de amamentação é importante recordar os seguintes tópicos: a amamentação deve ser iniciada na sala de parto já que previne a hipoglicemia e a hiperbilirrubinemia e, além disso, o colostro é laxativo, ajudando na eliminação do mecônio; o bebê deve mamar sob livre demanda (todas as vezes que quiser, sem horários fixos ou determinados, dia e noite; deve-se amamentar nas duas mama a cada mamada (sempre iniciar pelo peito que o bebê mamou por último); o melhor parâmetro para se saber se as mamadas estão eficazes é o peso; e lembre-se da técnica (dê uma olhada na descrição que está no apostila): queixo do bebê deve estar junto à mama, com lábio inferior evertido, com a boca bem aberta, e deve abocanhar além do mamilo parte da aréola. Não é normal sentir dor à amamentação e pode ser sinal de técnica incorreta.

Já nos os concursos, lembre-se das causas de desmame precoce, como uso de mamadeiras, chupetas e suplementos (água, chás, outros leites). Já foi questão de prova o preparo da gestante para a futura amamentação. Então, não se esqueça que os cuidados pré-natais se limitam a procurar não usar sabonetes (retiram a oleosidade da pele) e expor a mama ao sol (diminui a sensibilidade do mamilo).Técnicas como os exercícios de Hoffman, ordenha e pressão negativa não estão indicados pela possibilidade de induzir parto prematuro pela liberação de ocitocina.