Canal de atendimento atendimento@medaula.com.br
(31) 3245-5781 (31) 9 8959-6573
Rua Grão Pará, 737 Conjunto: 1101 - 11o andar, BH
CNPJ: 07.254.304/0001-24

Análise Geral de CIRURGIA no SES-RJ

27 de julho, 2021

INTRODUÇÃO

Este blog foi desenvolvida com o intuito de ajudar vocês a compreender melhor como é elaborada a prova de residência médica da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ).

Nosso objetivo é apresentar àqueles que desejam prestar este concurso, como tem sido o estilo da prova, demonstrando quais e como são os temas mais comumente cobrados a partir de uma análise das últimas cinco provas da SES-RJ, que ocorreram entre os anos de 2017 e 2021. Para tanto, a nossa equipe analisou minunciosamente questão por questão, apresentando justificativas para a escolha da resposta correta, e estratificou os assuntos dessas questões em módulos (os mesmos módulos das apostilas que o MedAula oferece nos nossos cursos intensivos e extensivos) para facilitar o estudo de vocês.

Aqui, a intenção é desmistificar a prova de Cirurgia Geral da SES-RJ a fim de otimizar o seu estudo, direcionando-os para assuntos relevantes dentro de cada módulo e individualizando-os dentro de cada ano. Além da análise estatística das provas, esse material traz exemplificações de algumas questões com um conteúdo relativamente resumido para que você possa correlacionar os temas apresentados com as informações analíticas que estamos lhe ofertando. Dessa maneira, você consegue familiarizar-se com este concurso para que, quando o fizer “valendo”, o faça seguro e confortável.

Sendo assim, vamos dar início aos nossos estudos!

Eu e toda a equipe do MedAula desejamos a vocês concentração, constância, persistência, bons estudos e um pouquinho de sorte (que não faz mal a ninguém). Esperamos que vocês aproveitem ao máximo esse conteúdo que desenvolvemos com tanta dedicação.

O ESTILO DA PROVA

Quando decidimos por prestar um concurso em que a principal forma de avaliação é através da realização de uma prova, onde apenas o seu conhecimento está sendo testado, devemos nos preocupar não somente com o assunto que aquele concurso irá cobrar, mas é também de extrema importância saber como aquele conteúdo será cobrado. Diferentes concursos possuem características de abordagens diferentes e saber quais são as características do concurso que você optou por fazer o coloca à frente de outros concorrentes.

Quando estamos sendo testados, obviamente a nossa carga de conhecimento teórico terá relação direta com a nossa nota, mas não somente isso é determinante. É evidente que o nosso controle emocional pode nos livrar ou nos colocar em situações de risco em um momento tão crucial – e muitas vezes é ele que determina a qualidade de realização daquele concurso. E sabendo da dificuldade que é ter esse controle, propomos a vocês que conheçam profundamente os concursos escolhidos, pois isso irá ajudá-los no controle de suas emoções e irá livrá-los de distrações que podem os prejudicar.

Uma dessas distrações clássicas é quanto a o que o enunciado pede. Quantos de vocês já não se martirizaram por terem errado uma questão que solicitava a alternativa incorreta pensando, pela força do hábito, que na verdade ela solicitava a correta?

Essa é uma preocupação desnecessária para a prova da SES-RJ pois 98,92% das questões dos últimos cinco anos pediam que o aluno marcasse a alternativa correta. Outra característica relevante deste concurso é que entre 2017 e 2021 não foi cobrada NENHUMA interpretação de imagem.

Já no que diz respeito àquelas características que devemos nos atentar no momento do estudo e de realização da prova é que a maioria das questões, 67,74%, é cobrada de forma direta e que 70,97% das questões cobram que o aluno tenha domínio de conceitos.

Vale ressaltar que no concurso referente a 2021 houveram algumas mudanças. A primeira e mais evidente é uma redução do número de questões da prova de 20 para 12 por área. Outra mudança é no estilo de cobrança das questões. Enquanto, de forma geral, a maioria das questões é cobrada de forma direta, como citamos, em 2021, 69,23% das questões apresentavam-se como caso clínico, invertendo a porcentagem estatística relativa a esses cinco anos analisados. A tabela abaixo especifica com que frequência essas abordagens aparecem.

Alternativa correta98,92%
Alternativa errada1,08%
Questão direta67,74%
Caso clínico32,26%
Interpretação de imagem0%
Conduta17,20%
Diagnóstico10,75%
Conceito70,97%

Começar a Conversa
Atendimento WhatsApp
Atendimento Vip pelo WhatsApp
Olá 👋
Podemos te ajudar?